Quer abrir um pet shop? 3 dicas valiosas para você.

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 3 minutos

Para quem deseja abrir um pet shop, não há dúvida que essa é uma opção excelente. Afinal de contas, o país que contabiliza 1393 milhões de pets. Pelo menos, é o que diz os dados da ABINPET. De acordo com a instituição o setor pet representa 0,36% do PIB nacional e fatura anualmente cerca de R$ 20,3 bilhões de reais. Bom, os números não mentem, abrir um pet shop é um negócio atrativo!

No Brasil, os animais de estimação são tratados como parte da família, e esse fato por si só já garante que exista espaço no mercado para empreendedores criativos que consigam oferecer produtos e serviços de qualidade voltados para o mundo pet.

Então, se você planeja abrir um pet shop, mas precisa de algumas dicas para colocar tudo em prática com êxito, acompanhe essas 3 dicas que separamos no post de hoje para te incentivar no que faltava. Acompanhe!

#1 Se informe sobre os aspectos legais para abrir um pet shop

Você sabia que pet shops podem comercializar produtos de uso veterinário, mas não podem vender medicamentos? Existem outras pegadinhas como essa.

O primeiro passo ao se planejar para abrir um empreendimento nesse ramo é conhecer tudo a respeito das exigências legais do negócio: taxas, licenças, tributos, alvarás, todos os trâmites burocráticos necessários para se manter dentro da lei e evitar transtornos futuros.

Também é necessário elaborar um plano de negócios sólido e escalável, com informações detalhadas a respeito das despesas, projeção de vendas, estimativas de preços e o balanço financeiro esperado para os primeiros anos. Essa etapa é extremamente trabalhosa, porém indispensável para o sucesso de qualquer empreendimento.

Controle de vacinas, estoque e mais.
Gestão pet é com SimplesVet.

#2 Seja criterioso quanto a escolha do local em que você irá abrir um pet shop

Não importa se você vai comprar ou alugar o imóvel, a localização é um dos fatores que mais deve pesar na sua escolha. Pontos comerciais de fácil acesso, com alta visibilidade, em uma vizinhança amigável e com espaço suficiente para seus projetos são grandes vantagens na abertura do negócio.

No caso específico do pet shop, além desses critérios, legalmente falando o imóvel deve ter pelo menos 200 metros quadrados, com espaço suficiente para:

  • a área da recepção;
  • uma sala para banho (com piso impermeável);
  • uma sala para secagem;
  • uma sala para tosa;
  • espaço reservado para o abrigo de animais.

Tenha em mente quais adequações serão necessárias no imóvel escolhido, quais são os equipamentos indispensáveis para os procedimentos como, por exemplo:

  • mesas
  • gaiolas
  • aparelho de ar condicionado para conservação de produtos veterinários
    E muito mais!

E, é claro, não esqueça de contabilizar cada uma dessas despesas e adicionar ao seu plano de negócios.
O plano de negócios é um dos documentos essenciais para quem está pensando em abrir um pet shop. É através dele que você poderá se guiar e entender quais são os primeiros passos que você precisa dar.

Caso queira saber como criar um plano de negócios, leia o artigo abaixo:

Como montar um plano de negócios para clínicas veterinárias

#3 Reúna uma boa equipe de funcionários

O bom funcionamento do pet shop depende prioritariamente dos seus funcionários.

E para isso, você precisará contratar, pelo menos, um veterinário, que será o responsável técnico pelo local. Isto é,

Você também irá precisar de um atendente, que fará os agendamentos, organizará as informações dos clientes e os recepcionarão pessoalmente; tosadores e banhistas conforme a demanda; e um auxiliar veterinário para ajudar nos procedimentos.

Se você pretende oferecer o serviço “leva e traz”, também precisará de um motorista responsável e um veículo adaptado às suas necessidades.

Sua busca por profissionais qualificados pode incluir agências de emprego, anúncios em faculdades ou em escolas de banho e tosa, e principalmente através da internet.

Atendente cuidando de gatinho após abrir um pet shop

Tenha em mente que recém-formados, geralmente, estão dispostos a aceitar um salário inicial menor, mas não têm a experiência de profissionais mais velhos.

Reunir uma boa equipe de funcionários é fundamental para garantir que seu cliente seja bem atendido e para obter um bom índice de produtividade. Esteja atento a isso, porque não basta abrir um pet shop, é também preciso ter recursos para garantir o sucesso do seu negócio.

Mais de 6.700 empresas escolheram
SimplesVet para simplificar a gestão.

Agora é com você, mãos a obra!

Abrir um pet shop pode ser extremamente desafiador e exige grande dedicação, planejamento e uma boa análise do mercado.

Porém, tudo fica mais fácil se você tiver um bom plano de negócios e um sistema de gestão eficiente. Assim, você pode conquistar independência financeira e gerenciar um empreendimento de sucesso! Clique aqui e experimente o sistema gratuitamente por 7 dias!

Posts relacionados

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: basta cadastrar seu nome e e-mail.

"*" indica campos obrigatórios