Pesquisar

Mercado pet Food 2023: tendências e oportunidades para investir

Mercado pet Food 2023

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 9 minutos

O mercado de pet food é um reflexo imediato da quantidade de animais de estimação em um país. Por exemplo: o Brasil tem, aproximadamente, 150 milhões de pets. Isso corresponde a uma demanda elevadíssima para suprir os valores nutricionais que cada animalzinho necessita.

E enchê-los de sabor, no processo, o que é muito importante também.

É importante, então, saber como você pode se diferenciar da concorrência. Pois todo pet shop tem rações e petiscos, mas nem todos são capazes de oferecer produtos diferenciados e que podem agregar muito mais valor à experiência de compra dos seus clientes.

Leia também: como fazer um eficiente estoque de ração no seu pet shop

Isso é algo que vamos explorar ao longo deste artigo. A partir de uma análise do mercado de pet food, vamos mostrar para você quais oportunidades e tendências podem ter tudo a ver com o perfil do seu público. Confira!

Como está o mercado pet no Brasil e no mundo hoje?

Você sabia que o mercado pet já corresponde a 0,36% do PIB brasileiro?

Isso é muita coisa, considerando que só em 2021, o faturamento foi de R$ 51,7 bilhões. É um cenário de amplas e diversificadas oportunidades. Especialmente, porque vivemos um momento de muitas tendências, novidades e soluções que ajudam a acirrar a competição entre as empresas do setor.

Como é o caso de pet shops, que podem se especializar em nichos e investirem em variedade de produtos e serviços. E todos têm a se beneficiar disso, ainda mais quando falamos no mercado de pet food.

E sabe por quê? Uma alimentação saudável e de qualidade contribui para a qualidade de vida dos pets. Ainda mais, quando você demonstra interesse em trazer soluções continuamente melhores para os pets dos seus clientes.

Acredite, inclusive, quando dizemos que existem muitas oportunidades para isso.

É o que vamos mostrar no tópico a seguir. Quem sabe, você pode identificar algumas boas estratégias de venda por meio desse investimento assertivo no mercado de pet food.

Controle de vacinas, estoque e mais.
Gestão pet é com SimplesVet.

Possibilidades de mercado para investir em Pet Food: tendências para 2023

Pet food é um setor que lida, diretamente, com a alimentação dos animais de estimação. Isso inclui todo o cuidado em agregar soluções que sejam:

  • nutritivas;
  • saudáveis;
  • saborosas.

Sua atenção aos produtos verdadeiramente diferenciados do mercado permite que sua marca se fortaleça como uma referência — seja por meio de produtos naturais, industrializados ou ambos.

Com isso, vale a pena saber como o mercado pet food está se posicionando, atualmente, e quais são as tendências em cada área. Entenda melhor algumas das possibilidades de investimento que selecionamos para você conhecer, a seguir!

Possibilidades de mercado para investir em Pet Food

SOS Hospital (ES), cliente SimplesVet

Alimento natural

Animais podem sofrer com o excesso de comida industrializada. Sem falar que, cada vez mais, as pessoas estão substituindo produtos assim pelas alternativas naturais.

E o mercado de pet food não é exceção. Hoje em dia, mais empresas estão preocupadas em criar soluções que sejam nutritivas e deliciosas, equilibradamente, contendo ingredientes naturais. Por exemplo:

  • carnes;
  • vegetais;
  • cereais;
  • minerais.

A ideia básica é: quanto menos produtos químicos na composição dos alimentos, melhor. Se essa é uma preocupação que você já identificou (ou conseguiu sondar) nos seus clientes, avalie a possibilidade de contar com alimentos naturais em suas prateleiras.

Premiunização

Indo na linha dos alimentos naturais, temos a classificação da premiunização: um meio ainda mais exclusivo de criar produtos saudáveis e atraentes.

Coisas assim já são elaboradas na alimentação para humanos. É o caso, por exemplo, de massas artesanais, de processos cada vez mais manuais, tradicionais e personalizados.

E o mercado de pet food está atento a essa tendência, já dispondo de produtos “gourmet” para cães e gatos e outros animais de estimação.

Mas no que isso implica, exatamente? Na premiunização, vale:

  • explorar texturas e formatos em produtos já corriqueiros do mercado;
  • inovar com processos mais personalizados;
  • oferecer soluções versáteis, práticas e exclusivas por meio de alimentos congelados, frescos ou desidratados;
  • pensar em lotes menores de soluções, mas com elevado impacto de personalização em cada um desses produtos.

Assim como tende a ser em qualquer outro mercado exclusivo, a premiunização eleva o custo de produção — e de venda. Por isso, é importante certificar-se de que esse tipo de nicho está alinhado com o que seus clientes desejam, enxergam valor e costumam investir.

Alimentos para ocasiões festivas

Pense em como você e tantas outras pessoas aguardam ansiosamente pelas datas festivas do ano? Como a Páscoa e as delícias achocolatadas, o Natal e seus quitutes que embelezam as mesas de jantar ou, até mesmo, os docinhos tradicionais em festas de aniversário.

E se disséssemos que você pode oferecer uma sensação similar aos pets dos seus clientes por meio de inovações no mercado de pet food?

Como está o mercado pet no Brasil e no mundo hoje

Funpets (PE), cliente SimplesVet

É claro que não estamos falando de ovos de chocolate para cães e gatos. Mas já existem meios de oferecer alguns belos alimentos para os animaizinhos e que têm tudo a ver com algumas das principais datas comemorativas do nosso calendário.

Confira, a seguir, alguns dos produtos que já estão consolidados no mercado e podem fazer parte do seu estoque:

  • bolos de aniversário;
  • ovos de Páscoa;
  • brigadeiros;
  • salgadinhos e outros docinhos;
  • panetones.

Eles são pensados com ingredientes que fazem bem aos pets — e não apresentam riscos, como é o caso do chocolate, por exemplo. Assim, você pode ter uma boa linha de produtos para datas comemorativas. E que vão encher de alegria e sabor o dia desses pets. 

Alimentos focados na saúde animal

Rações especializadas nas necessidades nutricionais de filhotes (ou animais com a idade mais avançada) nem são mais tendência do mercado pet food — são realidade.

Mas já existem outros exemplos de alimentos que você pode oferecer em sua loja, e com resultados diversos. É o caso de snacks que ajudam a prevenir e a tratar o acúmulo de tártaro. Ou, ainda, produtos que levam em consideração algumas especificidades nutricionais. Isso tudo só atrai clientes que buscavam, exatamente, esse tipo de diferencial.

Lembre-se, apenas, que decisões tão nichadas de mercado, assim, demandam muito planejamento estratégico. Do contrário, você pode acabar com um estoque lotado de produtos com o prazo de validade prestes a expirar.

Alimentação vegana

Alimentos veganos também chegaram com tudo no mercado de pet food. Essa é uma preocupação de muitos tutores, atualmente — afinal, existem mais de 3,5 mil estabelecimentos (como restaurantes) do tipo no país.

Estender isso à alimentação dos pets pode ter significado para muitas pessoas. Para tanto, deve-se considerar uma série de fatores que ajudem a agregar sabor, saúde e nutrição às necessidades de cada animalzinho. Algo que é plenamente possível, atualmente.

O que é preciso para investir em Pet Food?

Portão (PR), cliente SimplesVet

Então, descubra se esse pode ser um nicho interessante a ser explorado. Certamente, você pode construir um verdadeiro posicionamento diferenciado com isso.

O que é preciso para investir em Pet Food?

Viu como existem possibilidades tão diversificadas quanto criativas, nesse setor?

Vale lembrar que o mercado de pet food é, acima de tudo, fundamental para qualquer animal de estimação. E a sua responsabilidade e obrigação é a de ter plena certeza da credibilidade e eficiência das soluções disponibilizadas em suas lojas.

Portanto, assim que identificar alguma oportunidade de negócio em alimentação para pets, verifique:

  • se as empresas fornecedoras estão regularizadas;
  • se essas mesmas empresas possuem boa credibilidade no mercado;
  • se os resultados prometidos (como o combate ao tártaro) são cientificamente comprovados;
  • se os seus clientes têm necessidade por soluções desse tipo;
  • se você precisa da autorização de médicos veterinários para comercializar algum tipo de produto (como suplementos vitamínicos).

Resumidamente, todo cuidado é pouco. E necessário. Afinal, você está lidando com a alimentação de pets e muitos dos seus clientes têm pouco ou nenhum conhecimento a respeito das marcas e soluções que você oferece. 

Sua indicação tem alto poder de influência e, portanto, suas decisões só devem ser tomadas com total certeza de que os produtos podem trazer os citados benefícios nos pets dos seus clientes.

Do contrário, você pode colocar em risco muito mais do que a sua reputação.

Mas após essa etapa de planejamento, você só tem que encontrar os melhores fornecedores para que a demanda do seu pet shop seja continuamente suprida conforme as necessidades dos seus clientes.

Como investir em Pet Food e se destacar da concorrência?

Deu para perceber que o mercado de pet food é pautado, principalmente, por mudanças?

Afinal de contas, pet shops oferecendo as mesmas rações, e das mesmas marcas, têm aos montes. É a análise estratégica que vai destacar a sua marca com relação à concorrência.

Sua participação, aqui, é constante também. Um olhar atento às tendências do mercado pet e outro às necessidades de cada cliente. Esse grau de personalização é determinante, também, para atrair e reter clientes por meio de soluções que impactem a realidade dessas pessoas (e dos seus pets), especificamente.

Mas para te ajudar com mais direcionamento nesse tipo de posicionamento, separamos alguns adjetivos que fazem toda a diferença nessa busca por liderança na corrida contra a concorrência. Confira!

Criatividade

Isso é fundamental. Com criatividade, você direciona olhares e interesse à sua marca.

Por exemplo: uma campanha de adoção na qual você oferece algumas novidades do mercado pet food de brinde às pessoas que adotarem um animalzinho de estimação.

Outra ideia: um snack diferenciado para cada pet que ir ao banho e tosa. E do qual você comercializa no seu pet shop. Isso faz com que os tutores tenham ótimas experiências e encontrem, na sua própria loja, a solução para essa demanda que você ajudou a criar.

Humanização do mercado pet

Amahvet (SP), cliente SimplesVet

Inovação

Inovação é uma palavra que até parece genérica, atualmente, de tanto que é repetida. Mas experimente praticá-la, de verdade, na rotina da sua loja.

E como isso pode ser feito no mercado de pet food? Que tal encaminhar pesquisas de satisfação com algumas sugestões de produtos para identificar quais deles o seu consumidor mais pode se interessar?

Ou, ainda, fazer uma pesquisa de mercado na concorrência para identificar a variedade de produtos e, então, negociar com fornecedores tudo aquilo que você avaliou como carente nas prateleiras da competição?

Você não precisa reinventar a roda, todos os dias, mas fazê-la rodar melhor pode fazer toda a diferença para o crescimento da sua empresa, sem dúvidas.

Tecnologia

É impossível pensar em inovação, criatividade e solução, hoje em dia, sem o auxílio tecnológico e digital, concorda?

Este post mesmo só chegou até você por causa dessa conveniência que as novas tecnologias podem proporcionar em nossas rotinas.

Mas para o seu caso de investir no mercado de pet food, nós recomendamos a busca por bons sistemas de gestão. Isso porque, os produtos atuais do mercado — como o SimplesVet — podem auxiliar, de maneira automatizada, a organizar e gerir o seu estoque.

Além de apresentar sugestões de kits e brindes promocionais, que podem colocar as suas estratégias inovadoras em um novo patamar de qualidade.

E com um auxílio tão amplo e detalhado assim, você ganha ainda mais tempo para atuar de modo analítico e estratégico na busca por produtos do mercado de pet food que possam criar um verdadeiro impacto no dia a dia dos seus consumidores.

Humanização do mercado pet

Vale a pena, também, observar esse movimento tão popular: a humanização do mercado pet.

Seu próprio pet shop, talvez, possa ter produtos que contribuam com isso, como os carrinhos tradicionalmente usados para transportar bebês, mas específicos para cães e gatos.

Falamos, anteriormente, de produtos do mercado pet food, lembra-se? É o caso dos alimentos para ocasiões especiais, como ovos de Páscoa e bolinhos de aniversário.

As alternativas são amplas, interessantes e vêm acompanhadas de ingredientes que, nutricionalmente, fazem bem aos pets.

E, claro, costumam ser irresistíveis para esses animaizinhos.

Mas o grande apelo dialoga diretamente com o consumidor que pode querer celebrar o aniversário do pet ou mesmo dar um agradinho para ele em outras datas comemorativas.

Pode ser uma interessante forma de criar demandas diferenciadas, no mercado, e atrair mais e mais clientes até a sua loja. Até porque muitas empresas já estão se movimentando para oferecer soluções que humanizem os pets.

E que nem são, necessariamente, desse nicho.

Como investir em Pet Food e se destacar da concorrência

Hachiko (RJ), cliente SimplesVet

É o que a rede Burger King fez recentemente, com o Dogpper. Trata-se de um biscoito feito para cachorros e com sabor artificial de carne grelhada. Uma experiência similar ao que os tutores experimentam ao provar os lanches da empresa. 

Assim, pedidos feitos na rede de fast food podem ser complementados com o lanche específico para os cachorros. E esse não é um caso isolado, o que apenas reforça o poder desse tipo de estratégia no mercado de pet food.

Sustentabilidade

Mais conscientização ambiental, essa é uma premissa em pleno crescimento em toda a sociedade. E o mercado de pet food pode ter uma participação ativa dentro desse tema, no seu pet shop, sabia?

Comecemos, por exemplo, com o cuidado em selecionar produtos cujas marcas se preocupem com a sua pegada de carbono. Além disso, você pode reduzir a utilização de produtos industrializados, focando em uma alimentação natural para figurar em suas prateleiras.

Mais de 6.700 empresas escolheram
SimplesVet para simplificar a gestão.

Conclusão

Com ações pensadas em inovação no mercado de pet food, você pode passar o dia inteiro bolando alternativas e soluções que vão impactar positivamente o seu público.

E a verdade é que existem, mesmo, opções para todos os gostos. Seu pet shop só tem a se beneficiar de um planejamento estratégico nesse sentido.

O mesmo vale para os pets, que podem encontrar sabores únicos, mas com um valor ainda mais positivo na sua saúde e qualidade de vida.

E por falar em soluções inovadoras e criativas para gerar mais valor às suas oportunidades de vendas, que tal ir além das dicas que vimos aqui sobre o mercado de pet food?

Comece explorando toda a organização e planejamento do seu estoque e, assim, ter mais controle sobre suas entradas e saídas. Algo que o SimplesVet pode contribuir de maneira impactante na sua rotina.

Descubra como o nosso software de gestão auxilia o seu controle de estoque e tenha total qualidade para lidar com os produtos do mercado de pet food na sua loja!

Clique aqui e experimente o sistema gratuitamente por 7 dias!

Posts relacionados

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: basta cadastrar seu nome e e-mail.

"*" indica campos obrigatórios