Como funcionam as normas para o marketing veterinário?

marketing veterinário

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 11 minutos

“Quem não é visto, não é falado” — já ouviu isso em algum lugar? Esse é basicamente um mantra da publicidade que se associa facinho com a importância do marketing veterinário.

Por isso, você pode ficar por dentro das boas práticas em torno desse segmento e do seu nicho de atuação, especificamente, para atrair e fidelizar mais clientes constantemente.

Antes de começarmos, entretanto, é importante lembrar que qualquer publicidade em áreas que envolvam a saúde e o bem-estar dos pacientes deve seguir um manual de boas condutas. 

Daí, a necessidade em saber como promover uma clínica veterinária tão cheia de diferenciais quanto a sua — mas também de acordo com órgãos reguladores.

E podemos ajudar a montar um plano com estratégias de marketing veterinário eficiente e ético, quer ver só? Acompanhe a gente ao longo desta leitura para entender como isso pode ser feito para encantar a sua audiência de modo contínuo — e o melhor: sem riscos de imprevistos e olhares feios (e penalizações) do Conselho Federal de Medicina Veterinária!

Estruturando o plano de marketing veterinário para sua clínica

Com o manual de boas práticas debaixo do braço, você pode começar a estruturar o seu plano de marketing veterinário sem medo de errar.

Só que, aqui, o aspecto legal ficou para trás e o desafio está em identificar o seu público-alvo, suas necessidades e o diferencial da sua clínica para suprir essa demanda.

Difícil? Nem tanto, porque você já deve ter um plano de negócios que contempla ao menos uma ideia geral disso tudo. Então, é mais um aprofundamento para gerar impacto e relevância às pessoas e ao tempo que elas investem ao acompanhar sua marca.

Além disso, cada campanha de marketing deve ser focada em objetivos específicos. O que significa duas coisinhas bem evidentes: você deve planejar ações para cada meta estipulada e estar em constante monitoramento dos resultados para ajustar as campanhas.

Mas não se preocupe por antecipação: abaixo, vamos explorar um passo a passo para você acertar em cheio na sua estruturação de uma estratégia de marketing veterinário.

atendente de pet shop recebendo cliente
Levet (PR), cliente SimplesVet

1. Objetivos

Pense, antes de fazer qualquer post, banner, anúncio digital ou divulgação boca a boca: qual é o seu objetivo?

Você pode, por exemplo, traçar ações focadas na retenção de clientes. Quem sabe, divulgar um evento organizado pela sua clínica ou queira, apenas, informar que um novo serviço vai ser disponibilizado.

Para cada um deles — e independentemente de qual seja — existem ações que trazem resultados mais expressivos. Então não há como estruturar seu marketing veterinário sem saber quais são as suas intenções por trás das campanhas.

Inclusive, recomendamos que você utilize alguma metodologia para traçar seus objetivos, como a SMART. Já ouviu falar? A sigla corresponde a cinco termos em inglês:

  • Specific (Específico);
  • Measurable (Mensurável);
  • Achievable (Alcançável);.
  • Relevant (Relevante);.
  • Timely (Com prazo de aplicação).

Preencher as lacunas de cada letra da metodologia SMART é um bom caminho para avaliar o seu marketing veterinário de maneira aprofundada e ter mais sucesso nessa jornada.

Por exemplo:

Meu objetivo com as comunicações de marketing é dobrar (mensurável e alcançável) a quantidade de clientes recorrentes (relevante e específico) na minha clínica ao longo de um semestre (prazo de aplicação).

2. Público-alvo

Quanto mais você conhecer a sua audiência, maior é a chance de você alcançá-la e construir uma relação com ela. 

marketing para clínica veterinária
Amahvet (SP), cliente SimplesVet

Você saberia dizer quem é o seu consumidor ideal analisando os pontos abaixo?

  • Gênero;
  • Idade;
  • Estado civil;
  • Área de residência;
  • Ocupação;
  • Mídias usadas para consumir conteúdo;
  • Quantidade de pets (e as espécies);
  • Se possuem ou não crianças.

Percebe como isso pode influenciar uma campanha de marketing veterinário? Um exemplo: se você deseja impactar famílias com cachorros e que estão mais presentes no Instagram, por que você produziria conteúdos direcionados a outro perfil e em outra rede social?

O marketing digital veterinário (e para qualquer setor, na verdade) permite que você acumule informação suficiente para direcionar suas campanhas ao máximo. Diferentemente, por exemplo, das tradicionais campanhas publicitárias na TV ou no rádio.

Afinal, essas ações focam em atingir milhões de pessoas, mas o impacto mesmo é muito inferior a esse número. Enquanto isso, o marketing digital consegue direcionar sua campanha para atingir um número limitado, mas com maior poder de retenção.

Quer um exemplo de como pode funcionar bem esse tipo de direcionamento? Só de você ter chegado até aqui, neste post, já é sinal de que alcançamos a pessoa certa, no lugar certo e no momento certo. 🙂

3. Análise de concorrência

Seus concorrentes provavelmente estão de olho no que você faz para atrair e conquistar os pets os seus respectivos tutores. E você deveria fazer o mesmo!

Afinal, essa é uma maneira prática e eficiente para compreender o que funciona, o que não é proveitoso para a sua marca e quais oportunidades não foram ainda exploradas.

Aí, você pode usar os dados dessa análise de mercado para construir a sua estratégia com ainda mais precisão. Dá uma olhada onde você pode fazer a sua pesquisa:

  • Mecanismos de busca, como o Google, pesquisando termos que você gostaria de explorar;
  • No site de concorrentes diretos;
  • Nas redes sociais dessas empresas;
  • Em materiais publicitários (que você pode encontrar em eventos do seu setor, por exemplo).

Cuidado, apenas, com as suas conclusões. Isso porque os objetivos ou mesmo a audiência dessas outras empresas podem diferir dos seus. Mas já é uma fonte valiosa de informação e conhecimento que devem compor sua campanha de marketing veterinário. 

4. Canais de divulgação

Além do alinhamento com a sua audiência é importante observar as melhores plataformas para cada objetivo que você tiver avaliado para a sua clínica veterinária. Pois cada uma delas tem, ao menos, um diferencial que pode potencializar a sua mensagem.

Um exemplo bem simples: vídeos podem ser usados tanto no YouTube quanto no TikTok, Instagram ou mesmo Facebook. Mas o poder de atração (e retenção) da audiência em cada rede social varia conforme a produção do seu conteúdo dentro dessas plataformas.

Mas você não tem só as redes sociais para construir um marketing veterinário próspero. Abaixo, selecionamos várias possibilidades, como:

  • Mídia paga nos mecanismos de busca da internet;
  • Mídias tradicionais (como anúncios em mídia impressa, banners, folders etc.);
  • Monteúdo para o site e/ou blog (favorecendo a busca orgânica de clientes em potencial);
  • E-mail marketing;
  • SMS e Mensagens automáticas via WhatsApp.
como promover uma clínica veterinária
Cesvet (RJ), cliente SimplesVet

Diversificar a estratégia é uma excelente ideia, inclusive. Agora, direcionar seu marketing veterinário em todos os canais não é recomendável (o mais indicado é saber exatamente onde a sua audiência está concentrada e reforçar sua atuação nesses locais).

Por isso, vamos falar um pouquinho mais sobre alguns deles para que você entenda o potencial desses canais de divulgação.

Website

Quando a internet ainda engatinhava, o mercado já alertava para a importância de ter um site para promover empresas. Hoje, isso é uma necessidade, basicamente.

E tudo porque os hábitos de consumo mudaram bastante com o universo digital. Só no Brasil, por exemplo, nove em dez consumidores pesquisam primeiro na internet antes de comprar qualquer coisa.

Imagine as oportunidades perdidas quando um cliente em potencial pesquisa por algo que você tem a oferecer, mas encontra o site da concorrência em vez da sua clínica?

Presença digital se tornou uma verdadeira necessidade para qualquer negócio, e é super relevante também para o marketing veterinário.

E-mail

Lembre-se de solicitar o e-mail de cada cliente atendido. Isso permite que você encaminhe mensagens do interesse de cada um deles (desde que concedida a autorização para isso).

Com o e-mail marketing, você pode enviar lembretes de consultas, exames, vacinações e retornos ou mesmo disparar ofertas exclusivas. Funciona até mesmo para ações de relacionamento (como mensagens e brindes ou presentes no aniversário do pet).

ideias para marketing veterinário
Hachiko (RJ), cliente SimplesVet

SMS

Uma ferramenta simples e eficiente de comunicação. O SMS não morreu com a popularização global do e-mail e dos aplicativos como o WhatsApp. Pelo contrário: ele permanece um canal de grande relevância, pois tem acesso direto ao celular do usuário e, em muitos casos, é percebido como menos invasivo que o WhatsApp.

Veja como você pode tornar a relação com o consumidor mais prática com o SMS:

  • Lembretes de uma consulta agendada para o dia seguinte;
  • Pesquisas de satisfação;
  • Confirmação de presença em compromissos.

A melhor notícia é que SMS marketing, mensagens via WhatsApp e disparos de e-mails podem ser automatizados com o auxílio de softwares de gestão. Assim, você tem mais tempo para lidar com assuntos de elevada complexidade, enquanto essas atividades são cumpridas automaticamente.

Mídia paga

Anúncios também são impactantes na internet porque eles são programados para alcançar, justamente, o perfil do seu cliente ideal. Assim, mais pessoas com real interesse nas suas soluções podem ficar a par da sua clínica veterinária e entrar em contato.

5. Plano de ação

Com tudo definido até aqui, você só precisa juntar essas peças do quebra-cabeça do seu marketing veterinário e contemplar o resultado final… Não, pera! Antes, é preciso saber exatamente quais indicadores de desempenho ajudam a monitorar o sucesso das suas campanhas.

Assim, você consegue ajustar qualquer detalhe em tempo hábil para valorizar ainda mais o orçamento investido em marketing veterinário e melhorar gradualmente a performance das suas estratégias.

Aqui vão alguns dados que você pode monitorar nas suas campanhas:

  • Taxa de abertura de e-mails e SMS
  • Número de cliques em e-mails e SMS
  • Número de cliques em campanhas nas redes sociais
  • Número de visitantes no site

Para monitorar esses dados, você pode contar com as ferramentas nativas de redes sociais e com o Google Analytics (no caso de websites), além dos indicadores fornecidos pela sua ferramenta de automação de e-mails e SMS.

Controle de vacinas, estoque e mais.
Gestão pet é com SimplesVet.

Existem normas para o marketing veterinário?

Você sabe bem a responsabilidade por trás de cada atendimento em sua clínica veterinária, certo? Pois o Conselho Federal de Medicina Veterinária também sabe e impôs algumas regrinhas para garantir que o marketing do setor seja tão atrativo quanto ético.

Elas estão todas presentes na resolução n° 780/2004, mas a gente vai simplificar a sua pesquisa destacando o que é (e o que não é) permitido.

Entenda o que é permitido

O mais interessante (e isso vale para qualquer setor) é chamar a atenção das pessoas pelos seus verdadeiros diferenciais e por meio de conteúdos valiosos para a sua audiência.

Claro, preço e condições de pagamento são grandes pontos de referência para o consumidor brasileiro tomar uma decisão. Acontece que nas ações de marketing esse fator deve ser irrelevante para evitar competições rasas de preços baixos entre a concorrência.

No lugar, são recomendadas ações que ajudem a informar e qualificar o conhecimento do seu público-alvo — seja com postagens em plataformas digitais ou em anúncios off-line.

Até por isso, os conteúdos informativos são permitidos pelo conselho da categoria para você aprender como promover uma clínica veterinária. Isso inclui:

  • assuntos alinhados à prevenção e ao tratamento de problemas de saúde dos pets;
  • divulgação (e compartilhamento) do seu conhecimento;
  • campanhas sazonais — como vacinação;
  • informações relativas a datas comemorativas e/ou eventos (como campanhas de adoção);
  • informação de relevância geral (como uma doença que esteja acometendo os animais).

Também é permitido expor algum caso clínico, desde que os envolvidos autorizem formalmente a divulgação de dados ou do caso por inteiro. 

Vale ter em mente, então, que o marketing veterinário deve ser amplamente usado como uma ferramenta de divulgação exclusivamente. Autopromoção e o prejuízo à imagem dos colegas de profissão são atividades antiéticas e proibidas.

estratégias de marketing veterinário
Strix (SP), cliente SimplesVet

Mas existem outros pontos que devem ser evitados no seu planejamento de marketing, e falaremos disso logo a seguir.

Restrições na publicidade veterinária

Comportamentos e atitudes condenáveis ajudam a entender melhor essa fronteira que não deve ser ultrapassada ao desenhar suas ideias de marketing para clínica veterinária. Confira algumas das principais restrições:

  • cuidado com o uso de fotos de pacientes — especialmente, para demonstrar o sucesso de um tratamento (como dissemos, isso deve ser muito bem alinhado com os tutores dos pets);
  • exageros devem ser evitados (“a melhor clínica veterinária do mundo!”);
  • técnicas e tratamentos sem eficácia cientificamente comprovada não devem ser divulgados;
  • comparações com outros profissionais (em preços e honorários, inclusive) são proibidas;
  • equipamentos ou tratamentos só devem ser divulgados quando um diferencial e não algo intrínseco à natureza deles (por exemplo: “anestesiamos em procedimentos cirúrgicos!”).

Outro ponto de atenção é que as suas peças de propaganda veterinária devem conter sua inscrição no Conselho Regional de Medicina Veterinária e também o seu endereço de atuação.

Ou seja: são aspectos que ajudam a orientar o consumidor da melhor forma e garantir o trabalho ético e harmônico com os colegas. Regrinhas nada impossíveis de seguir, né?

Conheça as melhores estratégias de marketing veterinário

Nós ainda temos algumas dicas valiosíssimas para divulgar uma clínica veterinária por meio de ações bem específicas. Vem conferir com a gente e entender se elas fazem sentido para os seus objetivos e público-alvo!

Retenha clientes com programas de fidelidade

Descontos progressivos, serviços gratuitos após a quinta ou décima visita, ofertas especiais no aniversário… Isso tudo corresponde à possibilidade de fortalecer o relacionamento com os seus clientes. 

Os programas de fidelidade possuem real eficácia e eles podem ajudar a promover a sua marca também para atrair novos consumidores. Afinal de contas, a oferta de benefícios é um bom indicativo de valor agregado e que pode ser facilmente percebido pelos clientes.

marketing digital veterinário
Artevet (SP), cliente SimplesVet

Produza conteúdos de qualidade

Já exploramos essa questão anteriormente, lembra-se? O melhor marketing veterinário é aquele que gera valor à sua audiência. Algo que pode ser feito com postagens no site, no blog ou nas redes sociais — e também por e-mail e mídias impressas.

Mas é muito importante que, para isso, você entenda o seu público-alvo e saiba quais são as informações que podem fazer a diferença  na rotina deles. Você pode explorar, por exemplo:

  • Dicas para brincar com os pets;
  • Sinais e sintomas de que tem algo errado com eles;
  • Informações de relevância geral (como campanhas de vacinação, castração etc.);
  • Dicas de alimentação.

Ou seja: tudo aquilo que ajude a ser replicado na rotina deles e que, diante de uma necessidade, os consumidores saibam exatamente a quem procurar.

Promova a clínica com influenciadores locais

Hoje em dia, veterinários, tutores e seus pets podem ser celebridades digitais. E você pode usar isso por meio de parcerias que ajudem a divulgar a sua marca, os seus serviços ou mesmo algum evento sob a sua responsabilidade.

Invista em programas de indicações

O boca a boca ainda é uma das formas de divulgação mais acessíveis e eficientes do mercado, além de ser uma ferramenta poderosa do marketing veterinário. E isso pode ser potencializado se você prestar um serviço de qualidade e, ainda, recompensar as indicações dos clientes satisfeitos.

Essa é uma prática que gratifica aqueles que já vêm à sua clínica veterinária e se tornam em verdadeiros embaixadores da sua marca. Faz sentido para a sua empresa? Faça um teste!

Mais de 6.700 empresas escolheram
SimplesVet para simplificar a gestão.

Conheça os recursos da SimplesVet para divulgar sua clínica

Com tudo o que vimos até aqui, nós entendemos que o marketing veterinário é um trabalho até que complexo e que demanda muita atenção, tempo e ferramentas variadas.

Mas veja só como podemos ajudar a simplificar e tornar mais eficiente a sua estratégia: o SimplesVet é o nosso software de gestão e que já é usado por quase 5,5 mil pet shops e hospitais e clínicas veterinárias do país.

gestão de clínica

E além de auxiliar a sua gestão em todas as etapas, o SimplesVet é uma poderosa ferramenta de marketing veterinário. Confira alguns dos principais recursos da nossa plataforma!

APP exclusivo para seus clientes

Você pode estender os diferenciais da sua clínica para facilitar a comunicação com os tutores. Esse portal do cliente concentra as principais informações do pet e ajudam os seus consumidores a terem tudo sobre seus animaizinhos (como peso, exame, vacinação etc.) na palma da mão.

Site gratuito para sua clínica

Você pode montar um site rapidamente com a nossa ajuda, e que seja tão completo quanto o repertório de serviços que você oferece na sua clínica médica

Pacotes e kits promocionais

Os relatórios gerados pelo SimplesVet ajudam você a identificar oportunidades de vendas, como descontos e a composição de pacotes e kits promocionais do interesse do seu público-alvo e que não vão gerar prejuízo no valor final.

Mensagens automáticas via WhatsApp

Automatize o disparo de mensagens com o nosso sistema e fortaleça o relacionamento com os clientes por meio de mensagens automáticas enviadas para o WhatsApp do seu cliente, simples e eficaz.

Quer descobrir, então, como o SimplesVet é diferenciado na composição de ações de marketing veterinário, valorizando o seu relacionamento com clientes? Clique aqui e experimente o sistema gratuitamente por 7 dias!

Posts relacionados

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: basta cadastrar seu nome e e-mail.

"*" indica campos obrigatórios