4 Erros fatais que podem prejudicar as vendas de sua clínica veterinária ou pet shop

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabia que alguns erros cometidos por gestores podem prejudicar as vendas de uma clínica veterinária ou pet shop simplesmente pela falta de conhecimento?

Contudo, ele não é o único: por mais vezes do que conseguimos contar, a causa para a perda de vendas e clientes são erros internos, cometidos pelo marketing, pelo atendimento, pela central de vendas ou até pela gestão.

Será que esse é o caso da sua empresa?

A boa notícia é que, para virar o jogo, basta detectar os erros e corrigi-los de forma efetiva. Para te ajudar nessa tarefa, listamos os quatro equívocos principais que podem prejudicar, financeiramente, sua clínica veterinária ou pet shop.

A partir de agora, é identificar e trabalhar para transformar os erros em acertos. Essa atitude pode ser mais simples – e econômica – do que você imagina.

#1 Pecar no serviço ao cliente pode prejudicar as vendas

Quando abrimos um negócio, ficamos tão focados em conseguir mais e mais clientes que, às vezes, nos esquecemos do básico, que é prestar o serviço de maneira adequada.

A ânsia em conseguir gerar mais receita pode te fazer pecar no atendimento e na prestação do serviço para quem já é seu cliente e já foi fidelizado.

Funciona mais ou menos assim: você gasta tanto tempo pensando em ações para atrair mais gente que diminui o tempo (e, consequentemente, a qualidade) do banho e tosa daquele cachorrinho que está toda semana na clínica.

Esse é um dos erros mais estratégicos, porque o dono desse animal pode sentir a queda de diferença e mudar de fornecedor, enquanto você está tentando conseguir outros clientes. No futuro, esse também será um que você vai se esforçar para reter novamente na lista.

#2 Não contratar pessoal qualificado

Quer saber um dos maiores erros de qualquer empresa de pequeno ou médio porte? Tentar colocar pessoas desqualificadas para a prestação de serviços.

Às vezes nem é por mal, você tem um amigo ou parente precisando de emprego e coloca a pessoa para te ajudar no atendimento diário. Contudo, essa pessoa não entende do negócio, dos clientes e não vai identificar crises ou oportunidades antes de elas acontecerem.

No caso de clínicas veterinárias e pet shops, um item de qualificação é ser amigável e simpático, para garantir um bom atendimento ao cliente. Se as pessoas que você tem hoje são emburradas e não fazem o esforço de se relacionar com quem passa por sua empresa, elas podem ser a causa da sua fata de vendas.

Para saber mais, confira nosso texto sobre como contratar os melhores profissionais para a sua clínica ou pet shop.

Leia também: Gestão de pessoas em Pet Shops: da contratação à retenção!

#3 Não conhecer seus potenciais clientes

Se você não sabe para quem quer vender, dificilmente conseguirá vender na proporção em que gostaria.

Isso ocorre porque suas ações e estratégias de vendas estarão erradas e, por isso, não vão atingir ninguém que converta em vendas. Antes de fazer um marketing de encher os olhos, gaste tempo conhecendo seu público-alvo e entendendo como essas pessoas compram, não só itens para pets, mas para a vida no geral.

Com essas informações (que podem vir, inclusive, dos seus atuais clientes) você vai conseguir ter ideias melhores e mais assertivas de marketing e vendas, driblando erros clássicos como empurrar produtos e serviços para quem não tem sequer um animalzinho de estimação.

Leia também: como fazer pesquisas de satisfação com o seu cliente.

#4 Não inovar

Embora o cuidado veterinário seja algo bem tradicional, estamos falando de clínicas e pet shops que vivem na era da informação e tecnologia. Portanto, inovar é preciso.

veterinária estudando como não prejudicar as vendas

Seja nos produtos vendidos, seja na forma de prestar o serviço, fazer marketing ou levantar despesas e receitas diárias, inovar é sempre uma saída viável aos erros que levam à queda das vendas.

Aproveite que o que não faltam são oportunidades de melhorar maquinário, pessoal, sistemas e inove! Pense em aplicativos, em maneiras divertidas de dar publicidade ao que você faz, em usar as redes sociais para divulgar sua clínica… o que não faltam são boas formas de fazer a mesma coisa sempre diferente, atraindo públicos diversificados (ainda que dentro do seu público-alvo) e entusiasmados com as suas novidades.

Como dissemos lá no início, uma vez que esses erros são identificados, é fácil mudar a realidade. Faça tudo o que você pode para evitá-los ou remediá-los e você vai ver que, apesar da crise econômica, seu setor pode ir de vento em popa.

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: em segundos, você faz seu cadastro.

"*" indica campos obrigatórios

Posts relacionados

Mercado pet Food 2023: tendências e oportunidades para investir

11 serviços inovadores para pet shops e clínicas veterinárias

9 Promoções criativas para pet shops ou clínicas veterinárias