Análise detalhada da indústria pet no mercado brasileiro

pet ganhador de uma das 5 promoções criativas para pet shop ou clínica veterinária

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 9 minutos

“Vale a pena investir no mercado pet?”

Essa pergunta vale muito — e para muita gente — porque é algo que passa pela cabeça de todo empreendedor em busca de um bom segmento para investir e prosperar. E a verdade é que, analisando friamente os números do setor, só existem motivos para levar essa ideia adiante.

Afinal de contas, o terceiro país com mais pets no mundo faturou quase R$ 52 bilhões só em 2021. Mas que isso não gere falsas expectativas: além de muita oportunidade, o mercado pet reserva bastante planejamento e disciplina dos seus empresários.

E é basicamente esse o tema central deste artigo. A seguir, vamos fazer uma análise completa sobre o que está em alta no mercado pet e também o que falta no mercado para pets, além de apresentar dados que podem ajudar você a planejar a sua empresa.

Boa leitura!

Análise do cenário do mercado pet no Brasil

Como mostramos acima, o mercado pet no Brasil é um verdadeiro oásis de oportunidades. Contudo, vale a pena ter muito planejamento e direcionamento de negócio para garantir que você também se beneficie desse faturamento anual bilionário registrado no país.

Para que isso fique claro, a seguir vamos mostrar um pouquinho mais do histórico e do momento que o setor pet tem atravessado e despertado tanto o interesse de empreendedores.

Evolução do mercado pet no país

O Brasil é um país naturalmente apaixonado por animais e, como foi destacado na introdução, é o terceiro no ranking global com o maior número de pets.

Em faturamento, o mercado pet também se destaca, mantendo o país sempre na disputa pelas dez primeiras posições mundialmente. 

Para você, isso é sinônimo de oportunidade de empreendimento. E por vários motivos:

  • sua empresa agrega valor à vida de tutores e dos seus pets;
  • sua capacidade de negócios pode criar diferenciais que contribuem para soluções únicas, na sua região, e também para o desenvolvimento do mercado pet.

E quanto mais você entender o mercado (micro e macro), mais fácil será para compreender o quanto a sua empresa pode se posicionar ativamente na construção de soluções.

Números atuais do mercado

Apontamos, até aqui, números que ajudam a atiçar o faro empreendedor de qualquer, não é verdade? Afinal, é um setor com faturamento bilionário, no país, e constantemente superando números.

E isso vale mesmo para os períodos de crise, como os problemas econômicos e políticos, do Brasil, e também os graves conflitos em nível global (como a guerra acontecendo na Ucrânia e também a pandemia da Covid-19).

São elementos que impactam, direta e indiretamente, a economia de um país e refletem, também, no poder de compra do consumidor. Mas isso não gera (muitas) consequências negativas para o segmento pet porque a maior parte dos tutores veem seus companheiros de estimação como membros de família. Ou seja: assim como eles se esforçam para manter sua família saudável, feliz e bem alimentada, os mesmos cuidados se estendem aos seus pets.

Portanto, você tem à frente o desafio de empreender em um mercado sempre aquecido e com demanda constante. Justamente por isso — e nunca é demais frisar —, sua marca tem que se construir por meio de diferenciais que ajudem a atrair e fidelizar clientes e também esses pets tão queridos por seus tutores.

Perfil de consumidores

Atualmente, pesquisas — como a da Opinion Box — apontam que mais de 50% dos brasileiros têm ao menos dois animais de estimação em casa. E vai além: 70% dos internautas ouvidos nesse levantamento possuem um animal de estimação, sendo que os cães estão presentes em 80% desses lares e os gatos correspondem a 40% do total.

Inclusive, os populares “melhores amigos do homem” correspondem a 58,1 milhões, no total, presentes na casa do brasileiro. E são 27,1 milhões de gatos.

Peixes e aves também somam milhões, entre as companhias do seu público-alvo. Então, é essencial saber exatamente quem é esse perfil que você pretende criar e sustentar soluções para antecipar e resolver demandas mercadológicas.

Gastos com pets

Você sabe dizer qual é o custo médio e mensal de uma pessoa com cada animalzinho de estimação? A mesma Opinion Box que mencionamos acima sabe, ao menos por meio do seu levantamento de 2021: R$ 201 mensalmente com seus pets.

E como você deve imaginar, essas despesas e investimentos são diversificadas entre soluções de alimentação, saúde, higiene, acessórios, lazer e serviços ainda diferenciados do mercado, como adestramento, hotéis e creches para pets, entre outros.

Pois então, agora que já passamos o raio-X pelo mercado pet, que tal falarmos mais sobre essa parte específica do assunto? A seguir, vamos explorar alguns modelos de negócios que têm tudo para auxiliar na prosperidade e longevidade do seu negócio.

Controle de vacinas, estoque e mais.
Gestão pet é com SimplesVet.

Modelos de negócios no segmento pet

Se o mercado pet está sempre aquecido e ávido por novidades em diferentes segmentos (como alimentação, higiene, saúde, acessórios etc.), você pode avaliar as principais tendências do segmento e, assim, replicar para o perfil da sua marca e dos seus clientes.

Confira, a seguir, alguns modelos de negócios que podem ser de grande valor para o crescimento da sua empresa!

Modelos de negócios no segmento pet
Vet Medical Center (ES), cliente SimplesVet

Estética (banho e tosa)

Esse bem pode ser um tipo de serviço “comum” em clínicas veterinárias e pet shops, mas convenhamos: ele é tão fundamental quanto desafiador de manter um nível de excelência.

Afinal de contas, seus especialistas devem lidar com diferentes perfis de pets (e de tutores), de serviços focados em cada tipo de pelo, no uso de técnicas e equipamentos diferenciados e na geração de uma experiência eficiente e também positiva, como um todo.

Portanto, oferecer banho e tosa pode ser um “lugar comum”, mas é também uma grande oportunidade para diferenciar-se da concorrência na sua região. 

Saiba mais: como montar um pet shop do planejamento à operação

Adestramento

Animaizinhos rebeldes, agressivos e traumatizados têm aos montes, o que se reflete em comportamentos erráticos e que só prejudicam a qualidade de vida deles.

Por isso, um serviço de adestramento pode garantir que, gradativamente, esses gatilhos deixem de fazer parte do comportamento dos pets, fazendo com que a relação com os tutores (e/ou os móveis da casa), outras pessoas e também outros animais seja constantemente melhor.

Hospedagem

A hospedagem surgiu como solução para um grande problema dos tutores: o que fazer com os seus companheirinhos de estimação quando eles precisam se ausentar temporariamente?

Esse tipo de serviço pode agregar um diferencial e tanto para o seu negócio, já que você pode disponibilizar, em um só lugar:

  • opções confortáveis de estadia;
  • atrativos de lazer para o dia a dia dos pets nesse período;
  • boa alimentação e cuidados;
  • carinhos e brincadeiras.

Você pode montar uma verdadeira “colônia de férias” para manter os pets entretidos e muito bem cuidados durante a ausência dos tutores. E vamos falar a real: é um investimento muito mais assertivo do que pedir para um conhecido “dar uma olhada e alimentar” o animal de estimação enquanto o tutor está em viagem, né?

Venda de produtos e acessórios

Mais um tipo de serviço simples, mas de alto giro. Acessórios e produtos são oferecidos em uma variedade imensa de opções, e que você deve ter o grande trabalho de alinhar o mix de soluções de acordo com o perfil dos pets que você atende ou pretende atender.

E isso é o mais importante: se você atende cães de grande porte, por exemplo, não foque a maior parte das suas prateleiras para oferecer coleiras, brinquedos e acessórios para animais de pequeno porte, por exemplo.

Em vez disso, analise quais são as tendências do mercado pet que podem facilitar cada vez mais a vida dos tutores desses animais enormes, e você consegue compor diferenciais para fidelizar esses consumidores.

Últimas Inovações em diferentes vertentes da indústria pet

E por falar em tendências do mercado pet, quais serão as novidades que têm atraído mais e mais o interesse do consumidor, dos seus animais de estimação e de empreendedores como você?

A seguir, vamos passar sobre algumas soluções para que você fique de olho e considere acrescentar às prateleiras da sua clínica veterinária ou do pet shop!

Acessórios

Xampus específicos para diferentes tipos de pelos ou, ainda, cujas fragrâncias são naturais ou mesmo mais duradouras têm feito sucesso, recentemente, no mercado pet.

Afinal de contas, isso ajuda tanto a manter os animaizinhos limpos e cheirosos por mais tempo, e também focam em cuidados específicos que cada raça ou espécie necessite.

Produtos tecnológicos estão cada vez mais alinhados com o mercado pet, e valem o investimento especialmente se eles ajudam a promover soluções ao perfil do seu consumidor.

Alimentação

Em alimentação para pets, você pode focar em produtos naturais e cada vez mais distantes das soluções industriais, além de produtos que atendam a diferentes necessidades nutricionais.

Isso vale, por exemplo, para rações ou petiscos para animais com idade avançada, para filhotes ou mesmo para aqueles com problemas (como problemas renais). O mercado pet está recheado de soluções assim e que podem transformar o seu negócio em um local capaz de proporcionar experiências diferenciadas para os seus clientes.

Banho e tosa

Como vimos, anteriormente, o serviço de banho e tosa não sai de moda — e, tampouco, de necessidade. Mas a tendência de inovação, aqui, tem sido menos considerada para o tipo de equipamento usado, uma vez que a tecnologia não se diferencia significativamente nesse sentido.

Por outro lado, a questão da experiência tem avançado mais e mais, uma vez que o banho e tosa são popularmente conhecidos como serviços dos quais os cães e gatos se desesperam só de compreender o que está por vir.

Então, um bom treinamento e capacitação de profissionais podem trazer vantagens competitivas para o seu empreendimento. Especialmente, quando o resultado é perceptível, pelos tutores, ao descobrirem que seus companheirinhos são tratados com tanto zelo, cuidado e carinho.

Medicina e saúde

Nesse aspecto, a sua empresa no mercado pet pode oferecer medicamentos que atendam, especificamente, às necessidades dos animais de estimação que você já atende.

Além disso, vitaminas (naturais) são interessantes, assim como anti-pulgas e outros produtos que podem resolver problemas e condições (crônicas ou não) de saúde com menos riscos ao paciente.

YYkZxYDmHk3atqb6PkdxL7oIj 51mv CBP1c7LsK Gv3 SOUs5V2GaCAV9g3KLEBYtAQr1qdt3fx9NdCVZlyRuOVZxyhIEetLiA
Clinvet (BA), cliente SimplesVet

Higiene

Mais uma vez, vale reforçar o quanto a atenção dedicada aos seus consumidores e respectivos pets pode contribuir ativamente com o desenvolvimento da sua empresa.

Pense, por exemplo, em xampus, condicionadores, perfumes e outros acessórios de higiene que causam um impacto ainda mais positivo em diferentes tipos de pelos, por exemplo.

Ou, ainda, considere o valor de um serviço completo de higiene (como leva e traz e um banho e tosa totalmente focado nas necessidades de cada animal de estimação sob o seu cuidado)?

O trabalho parece mais complexo, mas uma vez padronizado, flui tranquilamente para a composição de experiências positivas e personalizadas, e que podem criar um diferencial mesmo com serviços que são tão comuns no dia a dia do mercado pet.

Private Label

Private labels não são bem novidades, mas têm crescido exponencialmente no mercado. E do que se trata? Basicamente, você adiciona a sua marca (o seu pet shop, por exemplo) a um produto, como uma ração para filhotes.

Mas na verdade a produção desse tipo de solução ocorre por um terceiro, que só se ocupa com o trabalho de manufatura, enquanto você — ao confiar na qualidade do produto — paga a essa empresa para estampar a sua logo e o nome da sua empresa, gerando um diferencial e tanto para apresentar-se como referência e promover sua reputação no mercado pet.

Petiscos

Por fim, os petiscos permanecem em alta, já que eles têm funções múltiplas no dia a dia de um animal de estimação. Mas dá para valoriza esse nicho do mercado pet por meio de alternativas que sejam mais saudáveis, nutritivas e saborosas.

Não faltam produtos (nacionais e importados) que podem substituir as opções industrializadas e com pouco valor nutricional. 

Lembra-se que falamos do perfil de consumidores, anteriormente? Pois saiba que as pessoas não costumam se importar em pagar um pouquinho a mais por soluções que sejam, acima de tudo, positivamente impactantes na vida dos seus animais de estimação.

Leia também: Dicas para sua clínica veterinária.

Principais tendências do mercado pet para ficar de olho

Vamos explorar, agora, um pouquinho mais sobre as tendências do mercado pet que podem transformar o seu empreendimento em algo continuamente propositivo para a rotina dos seus clientes e dos seus respectivos pets?

Principais tendências do mercado pet para ficar de olho
SOS Hospital (ES), cliente SimplesVet

Planos de saúde pet

Saúde em primeiro lugar e, com um convênio médico veterinário, os tutores podem se tranquilizar em ter sempre à mão um serviço diferenciado de prevenção e também de tratamento contra doenças (emergenciais ou crônicas), e com boa dose de economia nos gastos mensais com esse tipo de serviço — como consultas, exames e outros procedimentos.

Alimentação natural

É inegável que a população está alerta com o que consome, algo que se estende aos seus pets. Por isso, se você tem rações, petiscos e outros tipos de alimentos na sua prateleira, certifique-se de que você esgotou sua pesquisa para encontrar soluções similares, mas com os benefícios da alimentação natural. Isso faz toda a diferença para atrair e também para reter seus atuais consumidores.

Telemedicina veterinária

A telemedicina veterinária ganhou, definitivamente, o mercado e hoje é uma atividade regulamentada. Por isso, clínicas veterinárias podem usufruir disso por meio do atendimento à distância e, assim, auxiliar ainda mais os tutores mesmo quando eles não puderem se deslocar até o seu estabelecimento.

Dicas para se destacar e alcançar o sucesso com seu negócio pet

Para encerrar este post completíssimo sobre o mercado pet, reunimos alguns pontos-chave que podem ser implementados para destacar ainda mais o seu negócio, como:

Mais de 6.700 empresas escolheram
SimplesVet para simplificar a gestão.

Conclusão

O mercado pet é um segmento de muito, muito valor agregado para o brasileiro. Números do passado e recentes ajudam a mostrar que o consumidor tem dezenas de milhões de animais de estimação, gastam mesmo diante de crises nacionais e globais e que estão em busca de soluções diferenciadas constantemente.

Para empreendedores, isso se reflete em múltiplas oportunidades, mas em um exercício incessante de análises, testes e de alinhamento de soluções com o que o mercado tem a oferecer e o perfil médio dos seus consumidores e pets.

Daí, a importância em conhecer, profundamente, o mercado pet em níveis regional, nacional e global. Além, é claro, de ter as melhores soluções para qualificar o seu trabalho de modo contínuo. Conte conosco para auxiliar em todas as etapas desse processo, promovendo um nível de excelência imbatível para a sua gestão!

Clique aqui e experimente o SimplesVet durante 7 dias grátis.

Posts relacionados

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: basta cadastrar seu nome e e-mail.

"*" indica campos obrigatórios