Como montar uma loja de ração: passo a passo fundamental

como montar uma loja de ração

Equipe SimplesVet  –  

Tempo de leitura: 9 minutos

Nada como o dia a dia para entender como montar uma loja de ração. Mas, antes de colocar qualquer atividade em prática, você pode enriquecer os seus conhecimentos para avaliar as melhores oportunidades, identificar riscos e minimizar a ocorrência de imprevistos.

E é isso o que a gente propõe para você neste artigo 🙂

Para facilitar a sua jornada empreendedora, reunimos os tópicos fundamentais para você compreender se uma loja de ração é um bom investimento. Além disso, vamos mostrar um passo a passo com o que deve ser considerado ao longo de todo o trabalho estratégico de abertura da sua loja.

Inclusive, a gente já adianta para você: o SimplesVet pode ser o seu grande aliado nesse processo.

Boa leitura!

Como montar uma loja de ração: passo a passo fundamental

Para entrar em qualquer mercado, o mínimo necessário é planejamento. É assim que você vai identificar as regulações do setor, os documentos para a abertura da loja e, até mesmo, as oportunidades e os riscos em torno do seu futuro negócio.

Essa primeira etapa pode parecer complexa, mas é algo que ajuda a diferenciar a sua marca de tantas outras no país. Você sabia que a maioria das empresas não duram 10 anos de existência no Brasil?

Falta de planejamento e de conhecimentos em educação financeira estão entre os principais fatores para isso. Então, com as dicas a seguir para aprender como montar uma loja de ração, você tem mais chances de escapar dessa trágica estatística. Confira o passo a passo que preparamos para você!

Pesquisa de mercado

O varejo pet em expansão pode ser um atrativo e tanto para quem pensa em empreender nesse setor. Mas não deve ser o único fator a ser considerado, concorda?

Pois por trás desses números atraentes, há todo um ecossistema em constante dinâmica. E, por isso, sua pesquisa de mercado é tão valiosa.

Por meio dela, você consegue:

  • definir o seu público-alvo e entender as necessidades dele ao procurar por rações;
  • encontrar os melhores locais para abrir um negócio desses;
  • identificar as carências, os riscos, as ameaças e as oportunidades do seu setor;
  • conhecer a concorrência e avaliar as estratégias aplicadas por cada um dos seus competidores;
  • direcionar o objetivo da sua loja para nichos de mercado que você tenha interesse.

Tudo começa com esse período de análises, portanto, mas que são muito importantes para você tomar boas decisões antes mesmo de abrir as portas da sua loja de ração.

Planejamento financeiro

Além da estruturação da sua empresa, ao fazer o passo a passo para montar uma loja de ração, você vai se deparar com o planejamento financeiro.

Calma, que o nome pode assustar, mas a sua elaboração traz benefícios enormes para a sustentabilidade de qualquer empresa. Pois com o planejamento financeiro, você cria camadas e mais camadas de proteção contra os imprevistos que mais ameaçam a saúde de uma empresa: aqueles relacionados às finanças. Monte o seu e entenda:

  • quais são os objetivos da empresa;
  • quais são os custos em torno da realização deles;
  • o seu orçamento;
  • como equilibrar sua renda e despesas;
  • como precificar e ter uma margem de lucro que aumente os resultados da sua loja.

 Basicamente, você está desenhando o mapa financeiro da sua organização. E sua gestão só tem a se beneficiar em apoiar-se nesse material para lidar com as questões que devem surgir ao longo da sua rotina de trabalho.

Documentação

Uma etapa fundamental para abrir qualquer negócio no país: a obtenção de um CNPJ. 

Ele é o “documento de identidade” de uma empresa e é também o que permite ao seu empreendimento a emissão de notas fiscais.

É, inclusive, por meio do seu CNPJ que você consegue ir adiante com a coleta de documentos necessários para abrir o seu negócio. O que inclui:

  • documentos que podem ser obtidos com a Junta Comercial;
  • autorizações emitidas pela Secretaria Estadual da Fazenda;
  • alvará de funcionamento.

Atenção extra à necessidade de autorizações ou concessões especiais dependendo dos produtos que você vai vender além das rações. Por exemplo: medicamentos veterinários só podem ser comercializados com a presença de um profissional especializado do setor.

Aproveite também para organizar a sua emissão de notas fiscais. No caso de venda de produtos, será necessário emitir NFC-e a cada item comercializado.

Dica extra: não dê bobeira para que os imprevistos batam à sua porta e certifique-se de verificar com a prefeitura do seu município se existem mais documentos para possibilitar a abertura da sua loja de rações.

Como montar uma loja de ração pequena

Portão (PR), cliente SimplesVet

Contratação de profissionais

Seus recursos humanos são ativos valiosíssimos da sua empresa. Por meio deles, você consegue reforçar a sua identidade de marca, criar experiências únicas e construir relacionamentos riquíssimos com os seus clientes (e os seus respectivos pets).

Então, avalie detalhadamente o perfil profissional que você deseja e lembre-se de criar uma rotina de treinamento e capacitação para que todos saibam, exatamente, como proporcionar a melhor experiência de compra para o seu público-alvo.

Além disso, com o planejamento que mencionamos anteriormente, você vai ter uma noção mais precisa do tamanho da sua equipe e das especializações que sua loja necessita para ser um sucesso desde o primeiro dia.

Leia também: como escolher o banhista do seu pet shop.

Fornecedores

Os fornecedores da sua loja devem ser escolhidos a dedo. Sério. Afinal de contas, eles vão ser parceiros reais das suas necessidades, e você precisa encontrar quem entenda a sua demanda e tenha a capacidade de supri-la de acordo com as características do seu negócio.

E é importante que você saiba responder, primeiramente, qual é o nicho da sua loja de rações e o que diferencia-a das outras. Assim, você consegue negociar as melhores condições com cada fornecedor.

Sistema para pet shop

Vamos pensar em logística e gestão? Como você vai organizar todo o seu administrativo, financeiro, comissões, estoque de rações…?

Já pensou nisso?

A gente já. Por isso, o SimplesVet é uma ferramenta completa para gestores de negócios do mercado pet. Inclusive, você que está aprendendo como montar uma loja de ração terá ao seu alcance todas as atividades relativas ao seu trabalho concentradas em uma só plataforma.

Dessa maneira, fica fácil estabelecer uma rotina, registrar entradas e saídas — e todas as suas mercadorias — para ter mais controle, segurança, agilidade e precisão nas decisões.

E o melhor: você tem todo o apoio do SimplesVet para implementar o sistema de gestão da maneira mais assertiva possível. E o que isso significa? Que você consegue adaptar essa ferramenta para trabalhar de acordo com a sua gestão, e não o contrário, tornando a sua implementação mais rápida e certeira.

Estrutura da loja de ração

Não adianta saber como montar uma loja de ração se o planejamento realizado não contemplou a estrutura da empresa.

Sem isso, você não sabe quanto vai investir em decoração, equipamentos, mão de obra, estoque… Por outro lado, seu trabalho estratégico nesse sentido vai garantir que você tenha todas as respostas já devidamente anotadas — em quantidade e custo.

Você vai ter um trabalho muito mais econômico e direcionado aos seus objetivos em vez de gastar “às cegas”. E esse é mais um motivo que ajuda a reforçar o quanto seu planejamento estratégico é tão relevante.

Controle de vacinas, estoque e mais.
Gestão pet é com SimplesVet.

Qual investimento necessário para montar uma loja de ração?

Um valor estimado é difícil de prever. Afinal de contas, à medida que você avança nas etapas para montar uma loja de ração, percebe que os custos são distintos para quem tem empresas de grande porte, para quem vai se especializar em um tipo de produto, apenas, quem aluga ou compra o imóvel etc..

Mas dá para estimar o investimento necessário para montar uma loja de ração destacando os pontos que mais impactam o orçamento nesse processo. Confira quais são:

  • custo com o imóvel. Isso pode envolver as despesas relativas ao aluguel do espaço ou mesmo à compra da propriedade;
  • custo com reformas. Você, provavelmente, vai precisar retocar alguma coisa, construir outras ou, até mesmo, quebrar uma ou duas paredes até chegar ao projeto ideal para a sua loja de rações. Acontece que isso custa dinheiro e deve entrar nas sua planilha de custos;
  • custo com a montagem do seu estoque;
  • capital de giro. Esse é um valor que varia de acordo com cada empresa, mas é esperado que, para uma loja de rações, as cifras girem em torno de R$ 10 mil;
  • custo com decoração (mobiliário) e equipamentos;
  • investimento inicial no estoque da sua loja de ração;
  • marketing. Ainda que as estratégias de marketing digital tenham tornado as campanhas de marketing mais acessíveis, você ainda deve prever um investimento nessa área;
  • despesas com taxas e impostos;
  • mão de obra. Inclusive, seu trabalho em gestão de pessoas vai implicar decisões no que diz respeito ao comissionamento dos seus vendedores;
  • investimento em tecnologia. Como destacamos, isso é crucial para quem vai investir em um sistema de gestão, por exemplo, como o SimplesVet.
investimento necessário para montar uma loja de ração

Hachiko (RJ), cliente SimplesVet

Qual a margem de lucro de uma loja de ração?

Sua margem de lucro pode ser definida pelo modelo de venda da ração. Há quem opte pelo sistema de venda com o produto ensacado, assim como ele vem de fábrica.

Outras lojas de ração optam pelo modelo a granel — venda por kg, por exemplo. Esse é um ponto que vai influenciar na precificação e na definição da sua margem de lucro, mas não é o único fator, porque você também vai ter que considerar:

  • o acordo firmado com cada fornecedor;
  • a média praticada pelo mercado com cada tipo de produto;
  • a logística de envio de suas rações;
  • seu fluxo de clientes.

É natural que você tenha dúvidas sobre o assunto e, por isso, podemos ajudar caso queira se aprofundar no tema. Temos um artigo que explica, direitinho, como fazer a precificação correta dos seus produtos!

Ideias inovadoras para loja de ração: confira dicas

Quer dar um passo adiante para destacar a sua empresa para atrair e reter mais clientes? Então, dê uma conferida nas dicas que separamos, abaixo, para você acrescentar ao seu planejamento estratégico!

Programa de assinatura de ração

Programas de assinatura são excelentes estratégias para quem possui clientes com compras recorrentes. Algo que uma loja de ração deve ter aos montes.

Então, experimente avaliar as estratégias que mais podem valer a pena para o seu cliente assinar esse tipo de serviço. Você pode oferecer preços diferenciados, mimos para acompanhar os pacotes de ração e outras estratégias que vão contribuir com a fidelização do seu consumidor e agregar mais valor aos serviços prestados.

Delivery

Serviços de entrega também são diferenciados para o público do mercado pet. Especialmente, quando os tutores têm pouco tempo na rotina para ir até a uma loja de rações. 

Nesses casos, você pode adiantar-se e promover uma solução que se adapta à rotina tão dinâmica e corrida dos seus clientes. O delivery pode levar a ração para onde o pet estiver (ou o tutor, desde que dentro do seu raio de entrega) para facilitar a necessidade do consumidor. 

Você pode, inclusive, agendar entregas em horários diferenciados para que o seu serviço se torne ainda mais personalizado — e diferenciado.

Saiba mais: serviços de pet shop mais buscados por tutores

Venda a granel

Lembra-se da dica que mostramos acima sobre a margem de lucro e os modelos de venda de ração que você pode definir para a sua loja?

Pois então, a venda a granel pode ser uma excelente estratégia. Primeiro, porque ela costuma ser mais acessível, permitindo uma composição de preços ainda mais convidativa para os seus consumidores.

Ideias inovadoras para loja de ração

Funpets (PE), cliente SimplesVet

É claro que, aqui, os métodos de armazenamento, estoque e de apresentação do produto variam. Mas pode ser um atrativo e tanto para o seu público-alvo e pode valer a pena a aplicação desse modelo de vendas de ração para o seu negócio.

Alimentação natural para pet

Já reparou que o mercado está cada vez mais abastecido com produtos mais saudáveis e/ou naturais? Seja no supermercado, em pet shops ou em lojas de rações, a alimentação natural tem adquirido mais espaço nas prateleiras, adeptos e lugar cativo no cardápio semanal.

Provavelmente, o seu consumidor também está de olho nessa tendência do mercado pet. E você pode fazer um trabalho estratégico e planejado para mostrar aos tutores os benefícios desse tipo de alimentação e ainda:

  • dar amostras dos produtos para que eles testem com seus pets;
  • fazer postagens nas redes sociais destacando as vantagens desse tipo de produto;
  • realizar pesquisas de mercado para entender a receptividade do consumidor.

Com ações desse tipo, você pode ter um reforço valioso e cheio de benefícios para agregar mais valor ao serviço realizado em sua loja de ração.

Kits para festa

Por falar em ideias inovadoras, que tal explorar kits para festa para os pets?

Afinal de contas, você já deve saber o quanto a comemoração de datas especiais faz parte da relação entre os tutores e os seus pets. Aniversário, data de adoção, Páscoa, Natal…

O mercado está cheio de atrativos para as principais datas comemorativas do ano. E você pode explorar isso de maneira direcionada para agregar sabor, valor e personalização às festividades dos seus clientes.

Mais de 6.700 empresas escolheram
SimplesVet para simplificar a gestão.

Conclusão

Após esta leitura, você já deve ter uma noção básica sobre como montar uma loja de ração. Mas, mais que isso, deve ter percebido que esse é um trabalho incessante: não basta abrir um negócio, mas mantê-lo com ideias inovadoras e capazes de gerar múltiplas soluções a diferentes perfis de clientes que vêm até a sua loja.

margem de lucro de uma loja de ração

Artevet (SP), cliente SimplesVet

E foi o que apresentamos neste texto. Além de apresentar um passo a passo completinho para abrir a sua loja de ração, nós apontamos alguns recursos que podem se destacar e diferenciar o seu negócio do que a concorrência vem praticando.

Dessa maneira, você ganha mais valor para apresentar uma ação mais personalizada e efetiva para atrair, cativar e reter o seu consumidor ideal (e seus animais de estimação).

Quer uma ajudinha ainda mais impactante para você entender, na prática, como montar uma loja de ração alinhada com um sistema de gestão? Clique aqui e teste o SimplesVet gratuitamente. Assim, você pode entender o que nosso software de gestão pode fazer para ajudar a impulsionar o seu negócio!

Posts relacionados

Receba conteúdos exclusivos sobre o mercado pet

É suuuper simples: basta cadastrar seu nome e e-mail.

"*" indica campos obrigatórios